Saúde 16/06/2018 11:04

Alzheimer: Esposo Cuidador ministra curso gratuito para familiares e cuidadores

As oficinas, com limite de participantes, serão ministradas em uma série de quatro aulas, no Gacemss, em Volta Redonda (RJ)

Segundo levantamento da OMS (Organização Mundial da Saúde) estima-se que 35,6 milhões de pessoas sofram de demência no mundo, a maioria com idade acima de 65 anos, número que dobra a cada 20 anos.

O Alzheimer, conhecido como o flagelo dos idosos, é uma doença neurodegenerativa identificada pela morte de células nervosas devido ao acúmulo de placas amilóides (que envolvem os neurônios e impedem a comunicação entre eles) de emaranhados neurofibrilares dentro dos neurônios – devido à presença de proteína tau. Por essa razão o doente com Alzheimer exige cuidados de profissionais treinados e sensibilizados, com postura humanizada e individualizada, além de um olhar gerontológico.

Os profissionais que devem acompanhar a saúde do paciente são os neurologistas, geriatras, psiquiatras e mesmo clínicos gerais capacitados, desde que capacitados para a realização de um amplo diagnóstico diferencial.

Dentre os sintomas da doença está a perda de memória do paciente; mudança de comportamento e humor; perda de noção de espaço, tempo e higiene; dificuldade de raciocínio; desconfiança e ansiedade; irritabilidade, agressividade e depressão.

O diagnóstico sobre os sintomas é feito após testes e exames, podendo ser comprovado com a necropsia. É importante a certeza do diagnóstico, pois quanto mais cedo, mais fácil de cuidar.

Pesquisadores calculam que hoje a doença atinja mais de 40 milhões de pessoas no mundo. O Alzheimer é uma doença muito triste e muito cara para ser cuidada e com isso, calcula-se que 80% dos pacientes não têm os cuidados necessários.

Curso Gratuito para Cuidadores e Familiares

O Curso Gratuito para Cuidadores e Familiares de Pacientes com Alzheimer, ministrado pelo Dr. Jorge Pantaleão, presidente da APAZ-VR (Associação de Parentes e Amigos de Pessoas com Alzheimer de Volta Redondo) tem o objetivo de conscientizar e capacitar cuidadores e familiares. Pantaleão, esposo de paciente com a doença há 18 anos, além de ministrar o curso, é editor de uma Cartilha/ CD sobre a doença com dicas, modos de tratamento, seqüelas e informações de como se deve contratar um Cuidador.

As oficinas, que têm limite de participantes (20 alunos), serão ministradas em uma série de quatro sextas-feiras de capacitação com o objetivo de preparar e melhorar a convivência das pessoas, principalmente familiares e cuidadores, com os pacientes de Alzheimer. Todos que comparecerem a todas as aulas receberá Certificado de Participação.

As inscrições poderão ser feitas na secretaria de atendimento do Gacemss, de segunda a sexta-feira, das 9h30 às 17h30 e o curso acontecerá das 19 às 20 horas na Sala 5 da Galeria Gacemss, na Vila Santa Cecília, em Volta Redonda nos dias 15, 22, 29 (junho) e 6 de julho; a palestra acontecerá no dia 11 de julho. Mais informações poderão ser obtidas através do telefone (24) 3342-1013.

Para quem quiser manter contato com o Dr. Jorge Pantaleão: (24) 9 9988-1764 (Whatsapp); jpantaleao.vr@hotmail.com.

Carlos DeAraújo

Jornalista

Brasil

G3618_037
FOA VESTIBULAR MEDICINA 2019