Educação 06/10/2018 10:35

O UniFOA Três Poços realizou o I Encontro Sul Fluminense de Ensino de Ciências e Biologia

O evento reuniu alunos e educadores para um debate e troca de experiências através de palestras e minicursos

Na sexta-feira, dia 5 de outubro, o campus Olezio Galotti abrigou o I Encontro Sul Fluminense de Ensino de Ciências e Biologia, promovido pelo curso de Licenciatura em Ciências Biológicas e Mestrado Profissional em Ensino em Ciências da Saúde e do Meio Ambiente, Mecsma. O evento teve como objetivo o desenvolvimento de metodologias inovadoras, pesquisas e o debate sobre os desafios da educação.

Segundo o coordenador do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas, Dimitri Ramos Alves, a ideia foi criar e gerar um espaço para debate e também uma troca de experiência entre os presentes, realizando uma integração que visa atender os interesses dos alunos.

 Na parte da manhã, os alunos e educadores assistiram as palestras da professora de Biologia e egressa do Mecsma, Maria Helena Machado sobre a Base Nacional Comum Curricular e o ensino de ciências e do professor e egresso do Mecsma, Sandro Ribeiro, que falou sobre as metodologias ativas.

O encontro ofereceu também oficinas com temas interdisciplinares, que abordaram desde o ensino em biologia à educação atual. A reitora do UniFOA, Claudia Utagawa, e o professor dos cursos de Administração e Sistemas de Informação, Rafael Teixeira, debateram com professores e alunos “Trabalhando competências para o século XXI”.

À noite, finalizando o evento, aconteceram as palestras “A docência e pesquisa para o ensino de ciências e biologia”, com a doutora em Ciências, Rosane Meirelles, e “Da graduação à orientação: uma trajetória de ensino e pesquisa”, com a doutora em Ensino de Biociências e Saúde, Maria de Fátima Alves, ambas pesquisadoras da Fiocruz.

Segundo o aluno do quarto ano de Licenciatura em Ciências Biológicas e Presidente do Diretório Acadêmico, Leonardo Candido, o evento foi um momento de encontro com a realidade do mercado de trabalho. “Toda bagagem de conhecimento adquirida hoje contribuiu para que o fim da minha graduação fosse mais embasado teoricamente e me capacitou para que eu chegue preparado ao mercado de trabalho, conhecendo um pouco mais da realidade que vou encontrar”, concluiu.

Carlos DeAraújo

Jornalista

Brasil